Etty Hillesum. “Una vida conmocionada” – Record, 1981, 260 pgs.

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

A Tertúlia Literária mensal, brinda-me a oportunidade de voltar sobre um livro especial, que me impactou no seu dia. Trata-se do Diário de Etty Hillesum, uma intelectual judia holandesa, no período de 1941-1943. A autora acabou sendo deportada para os campos de concentração onde morreu. O diário é uma avalanche de sentimentos, percepções, sonhos, desejos, procura sincera de Deus, misturada …