Chega de Saudade – "A história e as histórias da Bossa Nova"

Gabriel Brandão Colaboradores Leave a Comment

Chega de Saudade A história e as histórias da Bossa Nova Por Dr. Marco Aurelio Janaudis Recentemente minha irmã levou meus sobrinhos para conhecerem uma fábrica de chocolates e sua história, e todos acharam interessante a trajetória do idealizador até onde chegou. Comentei: “parece que quando conhecemos a história até o chocolate fica mais gostoso”! De certa forma nos envolvemos, …

O bom, o mau e o feio – ética e estética

Gabriel Brandão Colaboradores 1 Comment

Este artigo foi publicado no Estadão em 03 de outubro de 2012, e é reproduzido aqui com a devida autorização do autor. Nicolau da Rocha Cavalcanti Quando Abraham Lincoln era presidente dos Estados Unidos, apresentaram-lhe um possível nome para compor o seu Gabinete. Recusou a proposta dizendo: “Eu não gosto da cara dele”. “Mas, sr. presidente, qual é a culpa …

A literatura como ferramenta de formação, de criação de uma cultura humanista.

Gabriel Brandão Colaboradores Leave a Comment

I – Alguns breves apontamentos. O aprendizado do homem não advém única e exclusivamente da ciência, embora esta tenha o seu peso e a sua importância. Sem dúvida alguma que o conhecimento organizado, sistematizado, e didaticamente exposto, permite uma maximização do saber. No entanto, não podemos deixar de considerar que as artes, de uma forma geral, e a literatura, em …

John Berger & Jean Mohr: “A Fortunate Man: The story of a country doctor”

Gabriel Brandão Colaboradores, Livros 1 Comment

John Berger & Jean Mohr: “A Fortunate Man: The story of a country doctor”. The Penguin Press. London. 1967.      Tomei conhecimento deste livro no passado mês de Abril, em New Orleans. Foi durante o Congresso Anual da STFM- Society of Teachers of Family Medicine, congresso ao qual assisto habitualmente. Um dos últimos dias, tendo já realizado as minhas apresentações, vi …

A minha simpatia por Alfred Hitchcock: Reflexões sobre o mago do suspense

Gabriel Brandão Colaboradores Leave a Comment

Por Pedro Acosta Baldin Comecei a gostar do Hitchcock quando eu tinha uns 10 anos, foi minha primeira vez que soube que existia. Meu pai alugou um filme dele para a gente assistir, eu me apaixonei tanto pelo seu jeito de fazer filmes, pelo seu modo de envolvimento do seu público, gostei muito do seu suspense e da raiva que me …

Pensando sobre Marañon em sua terra: O médico e a tolerância

Gabriel Brandão Colaboradores 1 Comment

Por João A. G. G. Prats Diário da nossa viagem: difícil escrever. Parece que foi tudo tão rápido. Mas tanto aconteceu nesses poucos dias que se passaram. Quanto amigo reviu? Poucos, mas pude conhecer novos amigos. A vida nos mostra lições a cada dia. Esta viagem certamente não foi diferente. Como pôde, Gregorio Marañon durante sua juventude ter visto, vindo …

Aos Cem Anos da Morte de Machado de Assis

Gabriel Brandão Colaboradores Leave a Comment

Por Sérgio Sardinha de Azevedo     No dia 29 de setembro de 1908, o Rio de Janeiro assistia à morte do maior escritor brasileiro: Machado de Assis. Com ele, a literatura brasileira havia conhecido não somente um estilo novo mas, sobretudo, uma acuidade intelectual penetrante, com maturidade suficiente para analisar e compreender personalidades, acontecimentos, instituições e correntes de pensamento.     Quando Machado …