José Jiménez Lozano: Los Cuadernos de Letra Pequeña.

Pablo González Blasco Livros Leave a Comment

José Jiménez Lozano: Los Cuadernos de Letra Pequeña. Ed. Pre-Textos. Valencia. 2003. 248 págs.


O autor publica seus diários, de 1993 a 1998. Não são propriamente diários, mas notas que vá tomando, curtas reflexões ou considerações do que ele mesmo lê em outros autores. Mostra uma cultura vastíssima, move-se com facilidade em vários campos, tendo sempre como pano de fundo alguns acontecimentos e, sobretudo, os escritos de autores variados que conhece com profundidade. Mesmo possuindo esta ampla cultura, não é tedioso nem petulante; lê-se com agrado. Lembra, em muitos momentos Steiner, mas está aberto à esperança e à transcendência. Uma obra que agradará aos que tem conhecimento da cultura espanhola, embora os temas tocados vão além das fronteiras hispânicas. Mas o modo de escrever é,  sim, muito espanhol. Um livro para ler aos poucos, no mesmo ritmo que foram confeccionados esses diários que o autor recolhia num caderno escrito com letra estreita, pequena. Daí o nome do livro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.