Susanna Tamaro: “Todo Ángel es terrible”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Susanna Tamaro: “Todo Ángel es terrible”. Seix Barral. Barcelona (2013). 267 pgs. Comentários da tradução espanhola do original “Ogni Agnelo é tremendo”. Não me consta que exista a tradução em português.          Acabo este livro, e volto à primeira pagina para lê-lo novamente. Não é atitude frequente nas minhas leituras, mas a surpresa -o impacto, talvez- foi …

As Curvas da Vida: Capitalizando sabedoria com o passar dos anos.

Gabriel Brandão Filmes 1 Comment

     A estas alturas, depois do muito já comentado neste espaço, não é nenhum segredo a minha admiração por Clint Eastwood. Sou um fã do Clint; mas um fã com fundamento. Explico.      Acompanhei, na minha adolescência e juventude, as caçadas implacáveis do Dirty Harry, armado com a Magnum 44. Cara de poucos amigos, insensível, machão formatado no melhor estilo americano- republicano: …

Maria Dueñas: “A Melhor História está por vir”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Maria Dueñas: “A Melhor História está por vir”. Planeta do Brasil. 2012. 352 pgs.      Li de uma tacada o original que leva por título “Misión Olvido”. Sobre a capa, uma faixa promocional que aponta: “La mejor historia está por vivir”. Outro Best seller da autora de “O tempo entre costuras”. Pensei que não tinha sido traduzido, pois o livro é …

John Williams. “Stoner”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

John Williams. “Stoner”. Ed. Baile del Sol. Tenerife. 2012. 240 pgs.       Um amigo estava interessado nesta obra, da qual eu nunca tinha ouvido falar.  Aproveitei uma viagem para comprar a edição em Espanhol, porque não existe a tradução portuguesa. Naturalmente, o livro pagou o pedágio necessário e avancei na leitura, quase até o final, na viagem de regresso ao Brasil.      As …