Helga Schneider: “Deixa-me ir, mãe”. Berlendis Editores. São Paulo, 2001. 135 pgs.

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

São 135 páginas que narram o encontro da filha, hoje sexagenária, com uma mãe de 90, que abandonou ela, o irmão de ano e meio, e o marido, para cumprir sua missão e dever sendo guardiã das SS nos campos de extermínio. Um escrito real e psicológico, onde se mistura a falta de amor para uma mãe que nunca o …