Juan Antonio Vallejo-Nágera: "Perfiles Humanos"

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Juan Antonio Vallejo-Nágera: “Perfiles Humanos”. Planeta. Barcelona. 1992. 196 pgs. Como o autor deixa claro no prefácio, esta obra não tem pretensões biográficas. São páginas que se leem com gosto, em cômodas prestações, como pinceladas vitais, que misturam o anedótico com momentos de relevo, de meia dúzia de  personagens históricos. Uma espécie de divertimento, a modo de variações Mozartianas, por …

Salvador de Madariaga: “Bosquejo de Europa”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Salvador de Madariaga: “Bosquejo de Europa” Ediciones Encuentro. Madrid (2010) 260 págs.      Este Bosquejo de Europa apresenta-se escrito em espanhol, por um historiador e humanista que, mesmo vivendo longo tempo fora de Espanha e dominando fluentemente várias línguas, era espanhol até a medula. Um esboço, mas também um ensaio –muitos, na verdade- a modo de variações sobre o mesmo tema, …

O Visitante: A Aventura de abrir-se aos demais

Gabriel Brandão Filmes 2 Comments

(The Visitor) Diretor: Thomas McCarthy. Richard Jenkins, Haaz Sleiman, Danai Jekesai Gurira, Hiam Abbass, Marian Seldes, Maggie Moore. 104 min. Não é a primeira vez que me acontece isto. Ter um filme à mão, em cima da mesa, ou mesmo no computador, esperando a ocasião adequada. E não acabo de me decidir. Passa semana, entra semana, chegam outras novidades, vamos …

O Concerto: Arte e Beleza que nos abrem à Esperança

Gabriel Brandão Filmes 7 Comments

     Voltei de uma viagem com o nome do filme na agenda. Não o conhecia e logo vi que não seria fácil de conseguir, pois não constava nos catálogos nacionais que costumo consultar. Mas, finalmente, me fiz com ele, coloquei-o no computador, e esperei a ocasião. Não apenas ter tempo, mas sim disposição. A minha não era das melhores.      Um filme, …

“Apenas uma vez”: a música que nos cura

Gabriel Brandão Filmes Leave a Comment

(Once) Director: John Carney Atores: Glen Hansard, Marketa Irglova, 85 min. Fui criado num lar onde se amava o cinema. Não o aspecto acadêmico do cinema – o amor dos cinéfilos –, mas as possibilidades que o cinema nos oferece para conhecermos melhor a vida, o mundo, as pessoas. Entendíamo-nos através de filmes, éramos corrigidos com frases de filmes, estimulados com …

Copiando Beethoven sem segredos: O poder do eterno feminino

Gabriel Brandão Filmes Leave a Comment

Traduzir o título original de um filme é uma tentativa de torná-lo palatável para o público ao qual se destina. Essa deve ser a intenção, em todas as culturas. Porém, é impressionante o que uma tradução infeliz do título é capaz de fazer com um filme: pode criar anticorpos “a priori”, indispor as pessoas para assisti-lo, enfim, pode até assassinar …