O Lar das Crianças Peculiares: Colocando os talentos ao serviço do próximo

Gabriel Brandão Filmes Leave a Comment

(Miss Peregrine’s Home for Peculiar Children) 2016. Diretor: Tim Burton. Eva Green, Asa Butterfield, Samuel L. Jackson, Kim Dickens, Allison Janney, Ella Purnell, Judi Dench, Chris O’Dowd, Rupert Everett, Terence Stamp. 127 min. Confesso que com esse título e sob a direção de Tim Burton, o somatório de peculiaridades era tanto, que o resultado não se me apresentava convidativo. Para …

Honore de Balzac: “Eugenia Grandet”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Honore de Balzac: “Eugenia Grandet”. Abril Cultural. São Paulo, 1971.  230 pgs. A tertúlia literária mensal oferece a possibilidade de poder reler os clássicos, desfrutar com eles, continuar aprendendo. Desta vez o convocado foi Balzac, o que significa um mergulho vital nas paixões humanas. Todas, descritas com minúcia, encontram-se em Balzac –dizia-me certa vez um amigo. E assim é, independentemente …

Fabrice Hadjadj: “La Profundidad de los Sexos. Por uma mística de la carne”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Fabrice Hadjad: “La Profundidad de los Sexos. Por uma mística de la carne”. Nuevo Início. 2010. Granada. 302 pgs. Um amigo, que também se delicia com os livros deste filósofo desconcertante, emprestou-me este. Desconcertante, porque sua escrita é uma verdadeira gangorra que oscila do Marques de Sade ou Madame Bovary até os Padres da Igreja (S. Clemente de Alexandria, S. Basílio …

Trash: A Esperança Vem do Lixo. O Brasil que aprendi a amar.

Gabriel Brandão Filmes 1 Comment

“Trash” (2014). Director: Stephen Daldry.  Martin Sheen, Rooney Mara, Wagner Moura, Selton Mello.  Spain. Duración: 115 minutos.  A recomendação chegou-me do outro lado do Atlântico. “Muito bom esse filme dos meninos brasileiros que trabalham no lixão”. Sucesso na Europa, não tinha ouvido falar; aqui, no Brasil, nenhuma palavra. Fui checar o nome com que os espanhóis tinham batizado o filme: Ladrones …

Harper Lee: “O Sol é para Todos”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Harper Lee: “O Sol é para Todos”. José Olympio Ed. Rio de Janeiro, (1988). 363 pgs. Mais uma vez, as tertúlias literárias mensais brindam uma oportunidade ímpar. Não apenas para reler o clássico de Harper Lee, mas sobretudo para comentar, compartir, escutar e mergulhar nas reflexões que a boa literatura desperta.  Tudo pautado por uma primorosa tradução, até o ponto …

Uma Boa Mentira: Virtudes humanas em estado puro. Sem vírgulas.

Gabriel Brandão Filmes 1 Comment

The Good Lie. USA. (2014). Diretor: Philippe Falardeau.  Reese Witherspoon, Corey Stoll, Sarah Baker, Sope Aluko, Sharon Conley, Mike Pniewski, Arnold Oceng, Clifton Guterman, Ger Duany, Emmanuel Jal. 110 min.  Uma lufada de ar refrescante. Imprevista. Tinha este filme nos meus arquivos, vários meses esperando. Algo tinha lido em alguma crítica: ativista americana que ajuda refugiados sudaneses. Mais do mesmo, pensei. …

O Ano mais violento: Liderança fecunda na serenidade

Gabriel Brandão Filmes Leave a Comment

(A Most Violent Year). USA, 2014. Diretor: J. C. Chandor. Oscar Isaac, Jessica Chastain, David Oyelowo, Alessandro Nivola. 125 min. Dispunha-me a assistir este filme relaxadamente, sem o compromisso de buscar mensagens, ou entrever desdobramentos. Algum comentário tinha-me chegado às mãos: um bom roteiro, com elementos colocados a modo de quebra-cabeças, orquestrados por J.C. Chandor, o mesmo diretor de Margin …

Lopez Lomong: “Correr para vivir”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Lopez Lomong: “Correr para vivir”. Astor, Palabra. Madrid. 2014. 300 pgs.      Quando me recomendaram este livro (que li em espanhol, não há versão portuguesa, mas a linguagem é fácil de entender) o primeiro que me perguntei é o por que do nome do protagonista que é também quem escreve.. López não me parecia um nome adequado para um sudanês. Vim …

Uma Vida Comum: O Encanto de uma rotina iluminada

Gabriel Brandão Filmes 1 Comment

Still Life. (2013). 92 min. Diretor: Uberto Pasolini . Eddie Marsan, Joanne Froggatt.      Uma vida comum. Esse é o título que nos oferece a tradução brasileira. Correto, resume o contexto, mas não chega a ser tão desafiante como o original: Still Life, natureza morta. Esse sim é preciso, audaz, impactante. Igual que a temática, a interpretação –quase um solo extraordinário do …

Khaled Hosseini: “O Caçador de Pipas”

Gabriel Brandão Livros 2 Comments

Khaled Hosseini: “O Caçador de Pipas”. Ed. Nova Fronteira. 2003. Rio de Janeiro, 365 pgs.      Por alguma razão, que nunca tive muito clara, sempre me resisti a ler best-sellers. Talvez uma certa alergia ao gosto massivo por novidades que nada tem a ver com qualidade. A culpa, evidentemente, nunca é da obra, do livro, do filme. Mas sim  do ambiente …