Stefan Zweig. “Coração Inquieto”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Stefan Zweig. “Coração Inquieto”. Editora Delta. Rio de Janeiro, 1953 (Obras Completas de St. Zw), 353 pags. A vontade de ler este livro vem de muito longe, da infância. Comentei amplamente as circunstâncias que me apresentaram a obra de Zweig, quando assisti o filme sobre os dias finais da sua vida. Lá, no meio das fascinante partidas de dominó ouvi falar da …

Cesar Vidal: “El Médico de Sefarad”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Cesar Vidal: “El Médico de Sefarad”. Debolsillo. Madrid. 2004. 330 pgs. Eis um livro ameno, escrito em espanhol, mas de simples compreensão. Por isso anoto estas linhas em português, para animar o leitor brasileiro a se defrontar com a vida de Moises bem Maimon, conhecido como Maimónides. Ele é o médico de Sefarad, (Espanha em linguagem judaica) nascido em Córdoba, …

William Faulkner: “Absalão, Absalão”

Gabriel Brandão Livros Leave a Comment

Faulkner canta e sonha o Sul profundo americano. Não é uma descrição, mas um delírio sulino onde os protagonistas são o destino, as paixões humanas, a miséria e a compaixão, que se apóiam em personagens que servem de mera desculpa para encarnar todas as atribulações humanas. Por isso, as personagens não se visualizam racionalmente, apresentam-se como atemporais, e a narrativa …

Daniel Innerarity. “Ética de la hospitalidad”

Gabriel Brandão Livros 6 Comments

Daniel Innerarity . “Ética de la hospitalidad’. Península. Barcelona 2001. 222pgs Livro fascinante, instigador, uma aluvião de idéias que pedem desdobramento. Posto deste modo, o conteúdo é infindável, pois depende da interação do leitor, das reflexões que seja capaz de alinhavar no vácuo dos enunciados e afirmações, muitas vezes surpreendentes, sempre desafiadores. Não é um livro fácil, embora não seja …